Ato em Norcia, na Itália, marca 1 ano de terremoto

Tremor na cidade foi o mais forte da sequência no centro do país

Monges beneditinos cantam em frente ao que restou da Basílica de San Benedetto, em Norcia (foto: ANSA)
17:03, 30 OutNORCIA ZLR

(ANSA) - Dezenas de pessoas se reuniram na manhã desta segunda-feira (30) em Norcia, no centro da Itália, para relembrar o terremoto de magnitude 6.5 na escala Richter que devastou a cidade em 30 de outubro de 2016.

Às 7h41, hora exata do tremor de terra do ano passado, os presentes na praça San Benedetto, onde fica a basílica homônima, da qual apenas a fachada permaneceu de pé, acompanharam o badalar dos sinos e um canto entoado por monges beneditinos.

Além do arcebispo Renato Boccardo e de representantes das instituições, o grupo incluía muitos voluntários que trabalharam em Norcia após o terremoto. O tremor de 30 de outubro foi o mais forte da sequência sísmica no centro da Itália iniciada em 24 de agosto de 2016, mas não provocou nenhuma morte.

Ainda assim, o abalo destruiu boa parte das construções da cidade de 5 mil habitantes. A Basílica de San Benedetto, edificada no século 14 e maior símbolo do vilarejo medieval, foi quase inteiramente derrubada, restando apenas sua fachada, que hoje é protegida por andaimes de metal para não cair.

A igreja homenageia o padroeiro da Europa, São Bento, e sua reconstrução será financiada pela União Europeia. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA