Pais de sobrevivente de terremoto na Itália doam ultrassom para hospital

Entidade cuidou de sua filha Giorgia, de seis anos

Pai de sobrevivente de tremor faz doação a hospital italiano (foto: ANSA)
21:33, 28 DezASCOLI PICENO ZGT

(ANSA) - Fabio e Michela nunca esqueceram dos cuidados amorosos que sua filha Giorgia recebeu no hospital Mazzoni, em Ascoli Piceno, na região central da Itália. A vida deles mudou após o terremoto do dia 24 de agosto de 2016, uma tragédia que surpreendeu a família, que estava de férias em Pescara del Tronto.

Giorgia tinha seis anos, e ela milagrosamente sobreviveu ao desmoronamento de sua casa, pois sua irmã, Giulia, de oito, a protegeu com o corpo e morreu sob os escombros. As imagens do resgate de Giorgia rodaram o mundo, enquanto o funeral de Giulia deixou muitas pessoas comovidas.

Após o ocorrido, os pais das meninas, Fabio Rinaldo e sua esposa Michela Sirianni, que também ficaram feridos no terremoto, criaram a associação "Imensamente Giulia e os anjos dos entulhos". Eles moram em Roma e, através da associação, organizam eventos de solidariedade em memória de sua filha e outras pequenas vítimas do terremoto.

Nesta próxima sexta-feira (29), para agradecer o trabalho do hospital com Giorgia, o casal irá doar um ultrassom portátil ao departamento de pediatria de Mazzoni.

"Através da associação, minha esposa e todos os amigos que estão perto de nós organizam eventos nos quais as crianças podem se divertir; nós levamos fundos e depois compramos bens e equipamentos para ajudar hospitais pediátricos e escolas", explicou Fabio à ANSA.

Mais de um ano depois da tragédia, o pai de Giorgia comenta que atualmente ela está bem e que leva uma vida normal.

"Giorgia está bem, ela tem uma vida normal, ela está no último ano do jardim de infância. Ela não percebe o peso do que aconteceu, digamos melhor, ela provavelmente percebe isso, mas minha esposa e eu sempre tentamos sorrir com ela.", concluiu.

No dia 24 de agosto de 2016, um terremoto de magnitude 6,2 atingiu a região central da Itália, especialmente, nas pequenas comunas de Amatrice, Accumoli e Arquata del Tronto, onde fica o bairro de Pescara del Tronto. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA