Roma institui 'taxa de estadia' para reservas no Airbnb

Valor será de 3,5 euros por cada diária no serviço de hospedagem

Vista dos Fóruns Imperiais, em Roma
Vista dos Fóruns Imperiais, em Roma (foto: ANSA)
21:19, 02 AbrROMA ZLR

(ANSA) - A Câmara Municipal de Roma aprovou a introdução de uma taxa de 3,5 euros (R$ 14,3, segundo a cotação atual) sobre cada diária em serviços de "aluguéis breves", como o Airbnb.

A cobrança já incidia sobre os chamados "bed and breakfasts", hospedagens de agroturismo (quatro euros) e hotéis (de três a sete euros). "Deste modo, incentivamos a identificação das estruturas e combatemos a evasão fiscal", afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico da capital italiana, Adriano Meloni.

O governo da prefeita Virginia Raggi estima que a nova taxa proporcione um acréscimo de 20 milhões de euros por ano às receitas da "cidade eterna". Os "aluguéis breves" são aqueles de período inferior a 30 dias e envolvendo apenas pessoas físicas.

No ano passado, o governo da Itália já havia instituído um imposto de 21% sobre o valor total de cada reserva nesse tipo de serviço. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA