2018 é o ano mais quente na Itália desde 1800, diz estudo

Temperatura está 1,53 grau acima da média

2018 é o ano mais quente na Itália desde 1800, diz estudo (foto: ANSA)
12:55, 08 OutROMA ZLR

(ANSA) - Um levantamento divulgado nesta segunda-feira (8) pelo Instituto de Ciências da Atmosfera e do Clima (Isac), órgão ligado ao Conselho Nacional de Pesquisas da Itália, mostrou que 2018 está sendo o ano mais quente no país desde 1800, quando começaram as medições.

A pesquisa analisou as temperaturas dos primeiros nove meses do ano na península, que foram 1,53 grau acima da média.

"Destes primeiros nove meses, vale a pena mencionar abril, que estabeleceu o recorde de abril mais quente, e janeiro, o segundo mais quente da história", disse Michele Brunetti, climatologista do Isac.

Ainda segundo Brunetti, é cedo para determinar se 2018 será, de fato, o ano mais quente na Itália desde 1800, mas até o momento ele caminha para isso. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA