Centro de Veneza volta a ser inundado por 'água alta'

Maré na capital do Vêneto chegou a 105 centímetros de altura

Inundações alagaram o centro histórico de Veneza nesta semana
Inundações alagaram o centro histórico de Veneza nesta semana (foto: ANSA)
13:56, 03 NovVENEZA ZLR

(ANSA) - A cidade de Veneza, no nordeste da Itália, amanheceu neste sábado (3) com uma nova "água alta", nome dado ao fenômeno de cheia da lagoa que cerca seu centro histórico, em meio ao mau tempo que atinge o país desde o início da semana.

Segundo as autoridades, a maré chegou a 105 centímetros e invadiu pelo menos 8% da zona, principalmente a Praça San Marco, área mais alagável do centro veneziano. Meteorologistas preveem uma nova "água alta" de 105 centímetros para a manhã deste domingo (4) e uma de 115 centímetros para a próxima segunda-feira (5).

Na última terça (30) a cheia da Lagoa de Veneza já havia alagado a Basílica de San Marco e danificado um mosaico de mármore em seu piso. Três quartos da superfície do centro histórico chegaram a ficar debaixo d'água.

O governador do Vêneto, Luca Zaia, estima em pelo menos 1 bilhão de euros os prejuízos provocados por chuvas, inundações e deslizamentos de terra na região, a mais atingida pelo mau tempo. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA