Itália decreta estado de emergência em 11 regiões por chuvas

País foi atingido por uma onda de mau tempo nos últimos dias

Itália decreta estado de emergência em 11 regiões por chuvas (foto: ANSA)
19:54, 08 NovROMA ZCC

(ANSA) - O Conselho de Ministros da Itália declarou nesta quinta-feira (8) estado de emergência para 11 regiões em decorrência da onda de mau tempo que afetou o país nos últimos dias, deixando pelo menos 30 mortos e dezenas de feridos.

As regiões que enviaram o pedido para a Proteção Civil para decretar emergência são: Vêneto, Ligúria, Friulli Venezia Giulia, Sicília, Lazio, Sardenha, Calábria, Toscana, Emília-Romagna, Lombardia e Trentino Alto Ádige.
   

Na reunião emergencial, segundo a ministra para o Sul, Barbara Lezzi, o governo alocou 53,5 milhões de euros para contribuir com as despesas causadas pelos danos das fortes chuvas, alagamentos e ventanias.

"Estamos esperando que as regiões façam todo o reconhecimento [dos danos]", disse a ministra, ressaltando que "em breve outros 200 milhões de euros serão disponibilizados".
   

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, confirmou a informação com uma mensagem em sua conta no Twitter. "Emergência mau tempo: com o Conselho de Ministros esta noite resolvemos decretar o estado de emergência para 11 regiões e atribuímos 53,5 milhões de euros para as primeiras intervenções. Outros 200 milhões chegarão nos próximos dias com meu decreto", escreveu.

Na última semana, Conte já havia anunciado a concessão de uma verba de 1 bilhão de euros para intervenções de emergência em todo o país. O objetivo era realizar procedimentos para controlar o nível das águas.

De Lazio a Ligúria, de Vêneto a Sicília, tempestades, granizo, chuvas torrenciais e inundações de rios devastaram a península de norte a sul. Ao todo, 30 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA