Nigeriano comete suicídio em trem após Itália negar asilo

Número de permissões de estadia por razões humanitárias caiu

Nigeriano comete suicídio em trem após Itália negar asilo
Nigeriano comete suicídio em trem após Itália negar asilo (foto: Ansa)
12:24, 31 JanGÊNOVA ZCC

(ANSA) - Um nigeriano de 25 anos de idade cometeu suicídio ao se atirar debaixo de um trem em Tortona, na região do Piemonte, após o governo italiano negar uma autorização de residência por razões humanitárias.

A informação foi revelada pelo monsenhor Giacomo Martino, chefe dos Migrantes de Gênova, na noite desta quarta-feira (30). O funeral do jovem migrante será realizado amanhã (1) às 11h30 (horário local) na igreja de Annunziata em Gênova.

De acordo com dados do governo, o número de permissões de estadia por motivos humanitários na Itália despencou no início de 2019, em função da entrada em vigor do Decreto de Imigração e Segurança, editado pelo ministro do Interior e vice-premier, Matteo Salvini, em outubro passado. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA