Produtores italianos jogam leite na rua para protestar

Pastores criticam a queda no preço da bebida

Protesto de pastores sardos em Cagliari, na Sardenha
Protesto de pastores sardos em Cagliari, na Sardenha (foto: ANSA)
13:48, 09 FevSASSARI E CAGLIARI ZLR

(ANSA) - Produtores de leite da Sardenha bloquearam diversas estradas da ilha para protestar contra a queda no preço da bebida, que é vendida para a indústria alimentícia por cerca de 60 centavos de euro por litro.

Na manhã deste sábado (9), os manifestantes interromperam o tráfego nos dois sentidos da rodovia 131, principal artéria da Sardenha e que conecta Cagliari com Sassari. Outros bloqueios foram registrados nas estradas 125, em Ogliastra, e 129, em Orotelli. Em todas elas, os produtores jogaram milhares de litros de leite no asfalto em sinal de protesto.

Além disso, um grupo de manifestantes tentou impedir os jogadores do Cagliari de saírem do centro de treinamento do clube, que enfrentará o Milan neste domingo (10), em Milão, pela Série A.

"Assim estará escrito nos jornais que a partida foi adiada não pela neve ou pela chuva, mas por um protesto contra os industriais", disse um dos manifestantes. Após negociações, a situação se resolveu: alguns atletas do Cagliari esvaziaram garrafões de leite na rua em sinal de solidariedade.

Um dos jogadores que participaram das tratativas foi o brasileiro João Pedro. O ministro de Políticas Agrícolas da Itália, Gian Marco Centinaio, deve viajar à Sardenha na semana que vem para conversar com os pastores. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA