Ítalo-brasileiro é preso por suspeita de estupro em Bolonha

Orianderson Ventura, 31 anos, teria violentado estudante de 24

Ítalo-brasileiro é preso por suspeita de estupro em Bolonha
Ítalo-brasileiro é preso por suspeita de estupro em Bolonha (foto: ANSA)
16:42, 11 JunBOLONHA ZLR

(ANSA) - Um homem de origem brasileira foi preso na Itália por suspeita de estupro contra uma estudante de 24 anos em Bolonha, no norte do país.

O crime teria ocorrido na madrugada do último dia 2 de junho, quando Orianderson Venturi, 31, teria arrastado a vítima para um parque e a violentado. Ele também teria roubado seu celular.

Pouco antes, no entanto, a mulher percebeu que estava sendo seguida e ligou para um amigo saudita, que, ao não conseguir contatá-la novamente, telefonou para outro amigo, um chileno, que alertou a polícia.

Venturi nasceu no Brasil, mas foi adotado por uma família da província de Bolonha ainda criança e tem cidadania italiana. O suspeito foi preso perto da casa de sua companheira, que fica nos arredores do local da agressão, no último sábado (8).

O ítalo-brasileiro já havia sido denunciado por violência sexual contra uma então namorada em 2016 e tinha passagens pela polícia por crimes de drogas e lesões. Venturi já foi reconhecido pela estudante e por duas testemunhas que o viram nos arredores do parque. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA