Brasil e Itália assinam memorando de cooperação científica

Documento foi assinado no último dia 30 de julho em Brasília

Brasil e Itália assinam memorando de cooperação científica
Brasil e Itália assinam memorando de cooperação científica (foto: Reprodução / Farnesina)
16:47, 01 AgoSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - Os governos da Itália e do Brasil assinaram um memorando de entendimento para o financiamento de atividades previstas no artigo 2 do acordo bilateral sobre cooperação científica, datado em fevereiro de 1997.

O documento terá duração de três anos e tem como objetivo fortalecer a colaboração entre as duas nações no campo científico e tecnológico, principalmente em setores como aeroespacial, energias renováveis, matérias-primas, meio ambiente e agricultura.

O memorando foi assinado no último dia 30 de julho, em Brasília, nas presenças do embaixador da Itália Antonio Bernardini; do presidente do Conselho Nacional de Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), Evaldo Ferreira Vilela; do chefe da divisão de promoção tecnológica do Itamaraty, Luis Fernando Machado; e da atual diretora do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Maria Zaira Turchi.

De acordo com a Embaixada italiana, a medida é considerada o primeiro passo na seleção de projetos de pesquisa que serão cofinanciados pelo Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional e pelas Fundações Estaduais (FAPs).

Os métodos de divulgação dos fundos e de seleção, no entanto, ainda serão definidos por meio de um edital específico, que está sendo produzido.

Com a nova medida, a expectativa é de que os mecanismos de cooperação intergovernamental previstos no acordo firmado em fevereiro de 1997 sejam reativados. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA