Senado da Itália decidirá calendário sobre crise nesta terça

Decisão foi tomada em reunião entre líderes de partido hoje(12)

Senado da Itália decidirá calendário sobre crise nesta terça (foto: ANSA)
14:10, 13 AgoROMA ZCC

(ANSA) - Os líderes de partido no Parlamento decidiram, por maioria de votos, convocar os senadores para debater o calendário da crise política às 18h desta terça-feira (13).

Em reunião nesta segunda-feira (12), os parlamentares não chegaram a um acordo sobre a data para votar a moção de desconfiança apresentada pelo partido de extrema direita Liga, de Matteo Salvini, contra o primeiro-ministro, Giuseppe Conte.

A expectativa é de Conte compareça no Senado no próximo dia 20 de agosto, mas ainda é preciso A confirmação da casa, conforme advertido pela presidente do Senado italiano, Elisabetta Casellati.

"O artigo 55, parágrafo 3, de fato, prevê que somente a Assembleia, que é soberana, decidirá sobre as mudanças propostas no calendário. Não o presidente, portanto, o cumprimento das regras é uma garantia dos cidadãos", disse ela.

Hoje, Salvini, apoiado por seus antigos aliados Forza Italia (FI), do ex-premier Silvio Berlusconi, e os Irmãos da Itália, de Giorgia Meloni, pressionou para que a moção fosse votada amanhã, mas sua proposta não foi aprovada.

O Partido Democrático (PD), de centro esquerda, por sua vez, defende que Conte simplesmente faça uma declaração pública no Senado. A legenda do ex-premier Matteo Renzi tem apoiado o Movimento 5 Estrelas (M5S), que forma a coalizão com a Liga.

Na semana passada, Salvini rompeu com o governo e começou a pressionar o Senado para convocar eleições antecipadas, além de apoiar o voto de desconfiança contra o atual premier. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA