Berlusconi vence ex-mulher na Justiça e para de pagar pensão

Ex-premier dava 1,4 milhão de euros por mês a Veronica Lario

Berlusconi vence ex-mulher na Justiça e para de pagar pensão
Berlusconi vence ex-mulher na Justiça e para de pagar pensão (foto: EPA)
14:13, 30 AgoMILÃO ZBF

(ANSA) - O ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi, de 82 anos, venceu uma batalha legal contra sua ex-mulher Veronica Lario, de 63.
    O político conseguiu uma sentença favorável da Corte de Cassação, a última instância judicial italiana, contra a pensão mensal de 1,4 milhão de euros que pagava à ex-esposa. Com a decisão, Veronica Lario deverá restituir o montante que recebeu desde março de 2014, data em que o processo de divórcio foi concluído.
    Em 2013, um tribunal de Monza tinha obrigado Berlusconi a pagar uma pensão de 1,4 milhão de euros para a ex-mulher. Mas, em novembro de 2017, a Corte de Apelo de Milão reverteu a decisão e deu parecer favorável a Berlusconi. A Corte de Cassação italiana manteve a sentença do tribunal de Milão e ressaltou que o "patrimônio atual" de Veronica Lario foi formado pelo ex-marido.
    Os dois, que foram um dos casais mais famosos da Itália, contraíram matrimônio em 15 de dezembro de 1990. Veronica, porém, decidiu se separar do ex-premier após vir à tona um escândalo sobre o comparecimento de Berlusconi à festa de aniversário da jovem Noemi Letizia, com quem o político teria um caso. Àquela época, Veronica disse que o acontecimento fora "a gota d'agua" no relacionamento, já que Berlusconi não participava nem das comemorações dos próprios filhos.
    Veronica Lario é mãe de três dos cinco filhos de Berlusconi: Barbara, Eleonora e Luigi. Depois do divórcio, Berlusconi assumiu um namoro com Francesca Pascale, de 34 anos, e foi alvo de rumores sobre uma suposta relação com a jovem Lavinia Palombini, de 21 anos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA