Facebook bloqueia contas de partido neofascista italiano

Rede social afirmou que o grupo promove o "ódio organizado"

Manifestação do grupo neofascista CasaPound em Roma, em abril de 2019
Manifestação do grupo neofascista CasaPound em Roma, em abril de 2019 (foto: ANSA)
13:54, 09 SetROMA ZLR

(ANSA) - O Facebook bloqueou nesta segunda-feira (9) dezenas de contas na rede social e no Instagram ligadas ao partido neofascista italiano CasaPound, incluindo de lideranças nacionais, regionais e municipais do movimento.

Um porta-voz da empresa de Mark Zuckerberg disse à ANSA que as páginas removidas violam suas políticas contra o discurso de ódio. "As pessoas e organizações que disseminam o ódio ou atacam os outros com base em quem são não têm lugar no Facebook e no Instagram", declarou.

Segundo o porta-voz, "candidatos e partidos políticos presentes" nas duas redes sociais "devem respeitar essas regras, independentemente de sua ideologia". "Temos uma política que proíbe aqueles que estão empenhados no ódio organizado de utilizar os nossos serviços", acrescentou.

Já o presidente do CasaPound, Gianluca Iannone, chamou a medida de "ataque sem precedentes". "Estão fechando todos os perfis, provinciais, regionais, nacionais e oficiais. É uma situação que espelha a condição atual do governo das poltronas", afirmou, em referência à aliança entre o populista Movimento 5 Estrelas (M5S) e o centro-esquerdista Partido Democrático (PD).

O CasaPound é o principal movimento neofascista da Itália e tem como bandeira a exclusão de migrantes e ciganos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA