Referendo em dezembro pode dividir Veneza em duas

Votação decidirá sobre a emancipação de Mestre

"Separatistas" alegam que as diferenças entre o centro histórico de Veneza e a parte continental da cidade são inconciliáveis (foto: ANSA)
13:21, 27 SetVENEZA ZLR

(ANSA) - A cidade de Veneza fará no próximo dia 1º de dezembro um referendo sobre a emancipação do distrito de Mestre, a área em terra firme do município italiano.

A data da votação foi confirmada pelo governador do Vêneto, Luca Zaia. Essa será a quinta consulta popular em 40 anos sobre a constituição da cidade autônoma de Mestre. O "não" venceu nas três primeiras, e na última o referendo não atingiu o mínimo de votos para ser validado.

O prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, que é contra a emancipação, disse que não participará da campanha, mas convidou os cidadãos a "exercerem o direito de não votar". Para ser validada, a consulta terá de ter afluência superior a 50%.

Capital do Vêneto, Veneza tem cerca de 260 mil habitantes, dos quais quase 180 mil vivem no continente. Os "separatistas" alegam que a terra firme e a lagoa têm realidades muito distintas e que a primeira recebe menos atenção em detrimento da segunda, onde se concentram os pontos turísticos de Veneza.

Já os "unionistas" dizem que a emancipação de Mestre pode reduzir Veneza a uma ilha de idosos e turistas cada vez menos povoada e tornar a terra firme uma periferia "anônima". Esses argumentos sempre nortearam o debate sobre a divisão, mas o turismo de massa agregou novos ingredientes nos últimos anos.

Destino de milhões de viajantes todos os anos, Veneza abriga uma crescente resistência contra turistas, vistos por muitos como inimigos de uma cidade que sofre com a perda de identidade e o esvaziamento populacional de seu centro histórico.

Para os separatistas, a emancipação de Mestre poderia fazer surgir em Veneza um governo voltado exclusivamente aos problemas provocados pelo turismo de massa. O distrito foi incorporado ao território veneziano em 1926 e, em caso de separação, caberá ao governo do Vêneto definir qual será sua capital. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA