Sistema de saúde italiano fica entre os 10 melhores do mundo

Dados são de pesquisa publicada na The Lancet Public Health

Sistema de saúde italiano fica entre os 10 melhores do mundo
Sistema de saúde italiano fica entre os 10 melhores do mundo (foto: ANSA)
15:50, 29 NovROMA ZBF

(ANSA) - O sistema de saúde da Itália ficou entre os 10 melhores do mundo, de acordo com estudo publicado pela revista The Lancet Public Health e coordenado pelo Instituto Pediátrico Burlo Garofolo de Trieste.
   

A Itália ocupa a nona colocação do ranking da Global Burden of Disease (GBD), atrás da Islândia, Noruega, Holanda, Luxemburgo, Austrália, Finlândia, Suíça e Suécia. A qualidade do serviço de saúde foi medida através do índice HAQ (Health Access and Quality Index), que considera vários parâmetros do sistema sanitário e de acesso a curas e tratamentos.

"Emergiu um quadro positivo, mas com alguns pontos críticos, por exemplo, a população está envelhecendo rapidamente e, na Itália, temos uma das taxas de fertilidade mais baixas do mundo (1,3%) e uma das mais altas expectativas de vida, o que eleva a incidência de doenças ligadas ao envelhecimento, como a demência e o Mal de Alzheimer", disse à ANSA Lorenzo Monasta, do IRCCS De acordo com dados de 2017, a expectativa de vida na Itália é de 85,3 anos para mulheres e de 80,8 para homens. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en