Itália autoriza desembarque de 32 migrantes do 'Alan Kurdi'

Navio da ONG Sea Eye atracou no porto de Pozzallo,no sul do país

Itália autoriza desembarque de 32 migrantes do 'Alan Kurdi' (foto: ANSA)
13:05, 29 DezROMA ZCC

(ANSA) - O navio Alan Kurdi, da ONG alemã Sea Eye, atracou neste domingo (29) no porto de Pozzallo, no sul da Sicília, para desembarcar 32 migrantes que foram resgatados há três dias no Mediterrâneo.

"O navio Alan Kurdi, da ONG Sea Eye, acaba de chegar ao porto de Pozzallo, com 32 migrantes resgatados no Mediterrâneo. O procedimento de recepção está pronto no cais", escreveu a ONG em sua conta no Twitter.

Dos 32 migrantes, 10 são menores, alguns muito jovens e 5 são mulheres, uma das quais está grávida. Para algumas pessoas, inclusive, foi solicitada a evacuação para exames médicos.

O desembarque só foi possível depois que o ministério do Interior da Itália designou este porto seguro na noite passada, levando em consideração a presença de pessoas vulneráveis a bordo da embarcação.

No entanto, a Comissão Europeia já iniciou, a pedido da Itália, o procedimento de recolocação de migrantes com base no pré-acordo realizado em Malta. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA