Prefeitura de Roma proíbe ambulantes na Fontana di Trevi

A medida também atinge outras atrações do centro histórico

Comércio ambulante na Fontana di Trevi, no centro de Roma
Comércio ambulante na Fontana di Trevi, no centro de Roma (foto: ANSA)
14:23, 31 DezROMA ZLR

(ANSA) - A Prefeitura de Roma proibirá a partir de 1º de janeiro de 2020 a presença de 17 bancas de comércio ambulante em áreas turísticas do centro histórico da cidade.

A medida inclui quatro pontos de venda na Fontana di Trevi, cinco na Piazza di Spagna, cinco no Pantheon, dois no "Tridente" e um na Piazza Navona, onde fica a sede da Embaixada do Brasil na Itália.

Segundo a Prefeitura, as bancas de comércio ambulante são "incompatíveis com o decoro e a segurança" de áreas com grande fluxo de pessoas. A remoção tem como objetivo "tutelar o patrimônio cultural e monumental" de Roma.

Oito das 17 bancas afetadas serão realocadas em outras zonas da capital. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA