Milão pretende proibir fumantes no San Siro 'em breve'

Prefeito iniciou batalha contra o fumo para reduzir poluição

Milão pretende proibir fumantes no San Siro 'em breve'
Milão pretende proibir fumantes no San Siro 'em breve' (foto: Ansa)
18:04, 20 JanMILÃO ZCC

(ANSA) - Em mais um capítulo da batalha contra o fumo e na tentativa de reduzir a poluição, o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, afirmou nesta segunda-feira (20) que pretende proibir, "em breve", cigarros dentro do estádio da cidade durante os jogos de futebol.

"É minha intenção proibir cigarros mesmo dentro do San Siro. Se estou no ponto de ônibus ou no estádio, não tenho liberdade para me mover, portanto, deste ponto de vista, é uma restituição de direitos para aqueles que acham o fumo um incômodo", explicou.

A declaração foi dada após Sala participar de uma reunião no Palazzo Marino, sede da prefeitura de Milão, com o ministro do Meio Ambiente, Sergio Costa, com quem falou sobre a proibição.

"Qualquer coisa que sirva como um micro bloco para melhorar a qualidade do até sempre útil. Ninguém tem uma varinha mágica e nenhuma medida única a resolve, mas todos juntos podem enfrentar e resolver o problema", acrescentou o prefeito.

A proibição de fumar em locais públicos também é uma das bandeiras do governador da Lombardia, Attilio Fontana, que afirmou ser "absolutamente a favor" da medida, porque o fumo "é um desastre pessoal e produz danos incríveis".

A nova decisão foi anunciada após Sala informar que pretende vetar o fumo em locais ao ar livre até 2030, além de filas de serviços e pontos de ônibus.

De acordo com ele, o tabagismo é uma das causas que contribuem para a superação dos níveis de poluição na cidade, assim como os fogos de artifícios e fornos a lenha nas pizzarias. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA