Coronavírus se difundiu para 8 países a partir da Itália

Lista inclui Brasil, Suíça, Áustria, Grécia e Argélia

Hotel em Innsbruck foi isolado após recepcionista da Itália testar positivo para coronavírus
Hotel em Innsbruck foi isolado após recepcionista da Itália testar positivo para coronavírus (foto: EPA)
16:02, 26 FevSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - O novo coronavírus (Sars-CoV-2) se espalhou a partir da Itália para pelo menos oito países que ainda não haviam registrado contágios, incluindo o Brasil.

As autoridades italianas contabilizam 400 casos de Covid-2019, doença causada pelo Sars-CoV-2, quase todos no norte do país, o que facilitou sua difusão para três nações vizinhas: Áustria, Croácia e Suíça.

Na primeira, dois italianos originários da Lombardia testaram positivo para o coronavírus na cidade de Innsbruck, capital do Tirol, estado que faz fronteira com a Itália. Já na Croácia, o premier Andrej Plenkovic confirmou que o primeiro caso no país e nos Bálcãs é de um jovem que esteve em Milão entre 19 e 21 de fevereiro.

O primeiro caso na Suíça é o de um idoso de 70 anos que contraiu o vírus em Milão e reside no Ticino, o cantão de língua italiana do país. Grécia e Macedônia do Norte também anunciaram seus primeiros contágios, ambos de mulheres que estiveram no norte da Itália recentemente.

Além disso, o país serviu de vetor para os primeiros contágios registrados na Argélia - um cidadão italiano que chegou à nação africana em 17 de fevereiro - e no Brasil - um paulistano de 61 anos que retornou da Lombardia no dia 21.

Também há três italianos com Sars-CoV-2 na Espanha - dois em Tenerife e um em Barcelona -, país que já contabiliza 10 casos do novo coronavírus.

Nesta tarde, a Alemanha também confirmou que um dos dois casos registrados no país chegou da Itália. Um jovem de 25 anos de Baden- Württemberg, que foi diagnosticado com Covid-19, apresentou os sintomas da doença depois de retornar de uma viagem a Milão. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA