Número de casos de coronavírus na Itália passa de mil

Funcionário desinfeta trem em estação de Milão, na Itália, em meio a epidemia de coronavírus
Funcionário desinfeta trem em estação de Milão, na Itália, em meio a epidemia de coronavírus (foto: ANSA)
14:47, 29 FevROMA ZLR

(ANSA) - Passou de mil o número de casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) na Itália, que também já registra 29 mortes na epidemia. O balanço foi divulgado neste sábado (29) pelo chefe da Defesa Civil do país, Angelo Borrelli.

Os últimos oito falecimentos ocorreram na Lombardia (seis) e na Emilia-Romagna (dois), regiões do norte da Itália que concentram a maior parte dos casos. Todas as vítimas eram idosas, e a maioria sofria de outros problemas de saúde.

Dos 1.049 contágios contabilizados pela Defesa Civil, 552 são da Lombardia; 213, da Emilia-Romagna; e 189, do Vêneto. Outras 11 das 20 regiões italianas já registraram casos: Ligúria, Piemonte, Toscana, Marcas, Sicília, Campânia, Puglia, Lazio, Calábria, Abruzzo e Trentino-Alto Ádige.

Até o momento, 50 pessoas se curaram, mas 105 pacientes estão internados em terapia intensiva. Segundo Borrelli, 52% dos indivíduos estão assintomáticos e em isolamento domiciliar.

Dos 1.049 casos anunciados pela Defesa Civil, 478 já foram certificados pelas contraprovas feitas pelo Instituto Superior da Saúde (ISS), órgão do governo sediado em Roma. Isso representa 100% dos exames realizados pelo ISS.

A Itália é o terceiro país com mais casos do Sars-CoV-2, atrás apenas da China (79,25 mil), onde a epidemia teve início, e da Coreia do Sul (3,15 mil). (ANSA)

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA