Italiano de 97 anos é curado do novo coronavírus

Paciente já recebeu alta do hospital e está na casa da filha

Hospital da cidade de Asola, na região da Lombardia, a mais afetada pelo coronavírus na Itália
Hospital da cidade de Asola, na região da Lombardia, a mais afetada pelo coronavírus na Itália (foto: Divulgação)
13:49, 18 MarMILÃO ZRS

(ANSA) - Um homem de 97 anos de idade foi curado do novo coronavírus na Itália e recebeu alta nesta semana de um hospital na cidade de Asola, na região da Lombardia, informou as autoridades locais.

O paciente foi internado no dia 29 de fevereiro e foi o primeiro paciente com coronavírus a ser hospitalizado em Asola.

Com pneumonia, o idoso, que não teve seu nome revelado, permaneceu por uma semana em estado crítico e sua rápida recuperação surpreendeu familiares e os médicos.

"Parecia que ele não iria conseguir, em vez disso, se recuperou muito bem. Ele demonstrou um temperamento formidável e total autonomia. Ele nos agradeceu e disse à equipe que somos seus anjos", disse a médica Maria Luisa Spina em uma entrevista ao jornal "La Provincia".

O homem retornou para a casa da filha e passará por um segundo exame para as autoridades de saúde decretar a sua recuperação definitiva.

"O isolamento é um pouco apertado, porque ele ainda é um homem muito ativo. Antes da doença, ele fazia compras, cozinhava e fazia sua caminhada diária. Ele nunca fumou. Gostaria de agradecer a toda a equipe do hospital de Asola do fundo do meu coração pelo profissionalismo e bondade demonstrada em relação a nós. Meu pai voltou para mim", disse a filha do idoso.

No Irã, um caso semelhante aconteceu na cidade de Semnan, a 180 quilômetros ao leste da capital Teerã. Segundo a agência "Irna", uma mulher de 103 anos de idade foi curada do novo coronavírus.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA