Gucci faz doação para a OMS e a Defesa Civil da Itália

Grife contribuiu com 1 milhão de euros para cada entidade

Grife italiana anunciou as doações em uma publicação nas redes sociais
Grife italiana anunciou as doações em uma publicação nas redes sociais (foto: Ansa)
15:04, 26 MarMILÃO ZRS

(ANSA) - Para ajudar no combate contra a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), a grife italiana Gucci anunciou nesta quinta-feira (26) que fez doações para a Defesa Civil do país e o Fundo de Resposta de Solidariedade da ONU em apoio à Organização Mundial da Saúde (OMS).

A grife destinou 1 milhão de euros para a Proteção Civil da Itália, a mesma quantia que a Gucci também encaminhou para a OMS.

"Essa pandemia nos chama para uma tarefa inesperada, mas é uma chamada para a qual respondemos de maneira decisiva, defendendo o trabalho altruísta realizado por profissionais de saúde, médicos e enfermeiros que estão trabalhando nas linhas de frente para ajudar as pessoas afetadas pelo surto do vírus da Covid-19, particularmente em nosso país natal da Itália e em todo o mundo. Ao nos apoiar e ao ajudar aqueles entre nós que são mais vulneráveis, seremos capazes de enfrentar e superar essa crise, ainda mais unidos do que antes", escreveu Alessandro Michele, diretor criativo da marca, e Marco Bizzarri, CEO da Gucci.

A quantia doada para a Proteção Civil auxiliará na criação de novos leitos de terapia intensiva na Itália. A doação foi feita por meio da plataforma de financiamento coletivo da Intesa San Paolo ForFunding.

A doação da Gucci acontece pouco tempo depois do grupo Korinv ter destinado 1 milhão de euros para a Cruz Vermelha da China.

A italiana Bulgari, por sua vez, anunciou a doação de cerca de 200 mil frascos de álcool gel para médicos, enfermeiros e equipes sanitárias da Itália que atuam no combate contra a Covid-19.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA