Itália autoriza testes com cloroquina contra coronavírus

País também tentará usar medicamentos antirretrovirais

Paciente com novo coronavírus é atendido no Hospital de Brescia, na Itália
Paciente com novo coronavírus é atendido no Hospital de Brescia, na Itália (foto: ANSA)
08:49, 27 MarROMA ZLR

(ANSA) - O governo da Itália autorizou o uso de cloroquina e hidroxicloroquina, medicamentos geralmente empregados contra a malária, no tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Com isso, o Serviço Sanitário Nacional poderá testar as substâncias em pessoas com Covid-19, doença causada pelo Sars-CoV-2, após estudos preliminares e de curto alcance terem apresentado resultados positivos com a cloroquina. A eficácia dos medicamentos, no entanto, ainda não está comprovada.

O governo italiano também autorizou o uso de remédios antirretrovirais contra o novo coronavírus. Há relatos de utilização bem-sucedida de lopinavir/ritonavir contra a Covid-19 na Espanha.

A Itália contabiliza 80,5 mil casos de Sars-CoV-2 e 8,1 mil mortes. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA