Saiba o que reabre na Itália a partir desta segunda-feira (18)

Governo também publicou bases para outras fases da retomada

Restaurantes, bares e demais serviços de alimentação serão reabertos nesta segunda-feira na Itália
Restaurantes, bares e demais serviços de alimentação serão reabertos nesta segunda-feira na Itália (foto: ANSA)
19:57, 17 MaiROMA ZGT

(ANSA) - Com a publicação de um novo decreto de reabertura econômica da Itália, após o número de casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) estar sob controle, uma série de estabelecimentos e serviços foram autorizados a voltar a funcionar a partir desta segunda-feira (18).

Confira o cronograma do que poderá funcionar:

A partir do dia 18 de maio, reabrem restaurantes, bares, pizzarias, pubs, cabeleireiros, esteticistas, centros estéticos e de beleza, shoppings, centros comerciais e igrejas com celebrações com a presença de fiéis.

Todos terão protocolos sanitários específicos, mas as principais medidas seguem sendo o uso obrigatório de máscaras, o respeito ao distanciamento entre as pessoas, o controle do número de visitantes dentro dos estabelecimentos e a constante higienização dos espaços abertos ao público. Alguns setores, especialmente, os ligados à estética, só poderão funcionar através do sistema de agendamento do serviços.

Também não será mais necessário apresentar o formulário para sair de casa, usado durante o período de lockdown para atestar a necessidade da saída, e nem justificar as movimentações entre cidades de uma mesma região.

No entanto, continua proibida, ao menos até o dia 2 de junho, a saída para outras regiões do país - a não ser que haja justificativa por motivos de saúde, trabalho ou urgência. Nesse caso, ainda é obrigatória a apresentação do formulário.

Está liberado o encontro tanto com parentes, namorados e amigos, sempre respeitando as normas de segurança sanitária, como o distanciamento de um metro e o uso de máscaras. No entanto, esses contatos podem ser feitos tanto em locais fechados como públicos.

Outra liberação é o uso de praias e parques com fins recreativos, sempre respeitando a distância de no mínimo um metro de distância entre as pessoas.

- Outras datas importantes:

A partir de 25 de maio, os italianos poderão voltar a frequentar estádios, ginásios e centros esportivos sem restrições de atividades, mas sempre respeitando as regras sanitárias de uso de máscara e distanciamento social. Para uso de piscinas, há a ordem de distanciamento de sete metros entre os praticantes.

Já no dia 3 de junho, estarão liberadas as movimentações entre regiões e também entre os países-membros da União Europeia sem apresentar justificativas. Porém, segundo o decreto, as regiões poderão limitar essa movimentação entre locais que possuam índices epidemiológicos muito diferentes. Ou seja, se uma região tem poucos casos e a outra tem um número elevado, poderá haver restrições pontuais.

A partir do dia 15 de junho, estarão autorizados a voltar a funcionar os cinemas e teatros, com regras de distanciamento e venda antecipada de ingressos. Também há limitação no número de pessoas simultaneamente nos locais: não pode haver mais de 200 pessoas em locais fechados e de mil pessoas em áreas abertas.

No mesmo dia, os centros de recreação de verão também poderão ser reabertos.

Continuam proibidas, sem previsão de data, as manifestações e protestos públicos ou qualquer tipo de aglomeração em vias públicas. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA