Migrante morre ao pular de navio de quarentena na Itália

Balsa foi equipada para isolar deslocados internacionais

Balsa 'Moby Zazà' foi adaptada para quarentena de migrantes
Balsa 'Moby Zazà' foi adaptada para quarentena de migrantes (foto: Divulgação)
08:02, 20 MaiPORTO EMPEDOCLE ZLR

(ANSA) - Um migrante tunisiano foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (20) após ter se jogado de um navio para quarentena de deslocados internacionais em Porto Empedocle, na Sicília, sul da Itália.

O tunisiano havia pulado da balsa "Moby Zazà", que foi equipada pelas autoridades italianas para isolar migrantes e refugiados, por volta de 4h25 desta quarta, e seu corpo foi achado já no fim da manhã.

O navio abriga atualmente cerca de 130 pessoas que chegaram à Itália após a travessia do Mediterrâneo e 35 operadores da Cruz Vermelha. Todos os migrantes e refugiados já foram submetidos a exames para detecção do novo coronavírus.

A Itália já recebeu 4.307 deslocados internacionais pela rota do Mediterrâneo Central em 2020, o que significa um crescimento de 240% em relação ao mesmo período do ano passado, mas queda de 60% na comparação com 2018, segundo o Ministério do Interior. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA