Oito regiões da Itália zeram número de mortes nas últimas 24h

País ultrapassou marca de 130 mil pessoas curadas

Cartaz na janela de prédio em Nápoles
Cartaz na janela de prédio em Nápoles (foto: )
13:50, 20 MaiROMA ZCC

(ANSA) - A Defesa Civil da Itália informou nesta quarta-feira (20) que pelo menos oito regiões do país não registraram novas vítimas do novo coronavírus (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas. São elas: Trentino-Alto Ádige, Sicília, Abruzzo, Úmbria, Sardenha, Vale de Aosta, Basilicata e Molise.

Ao todo, o país contabilizou 161 mortes entre ontem e hoje, totalizando 32.330 vítimas. O número teve uma leve redução em relação ao balanço anterior, quando 162 óbitos foram confirmados.

De acordo com as autoridades italianas, o país registrou mais 2.881 pessoas curadas do novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando a quantidade total para 132.282.

Já os casos ativos, que exclui os dados de mortes e curas, chegaram a 62.752. Em números totais, representa uma redução de 2.377 contágios. No último balanço, a queda foi de 1.424.

Segundo o balanço, 676 pacientes estão internados em unidades de terapia intensiva, 9.624 estão recebendo atendimento médico em hospitais ou centros hospitalares e 52.452 estão em isolamento obrigatório em casa.

Ao todo, 227.364 pessoas já contraíram o coronavírus na Itália desde o início da pandemia, sendo que 665 novos casos foram registrados nas últimas 24 horas. Do total, 85.775 foram na Lombardia.

Apesar de ter começado a afrouxar as medidas de isolamento e a retomar as atividades econômicas gradualmente, a Itália tem conseguido controlar a curva de contágio da Covid-19 em todo o território. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA