Foto inédita de Massacre em Bolonha é revelada na Itália

Ataque contra estação central da cidade matou 85 pessoas em 1980

Ataque contra estação central da cidade matou 85 pessoas em 1980
Ataque contra estação central da cidade matou 85 pessoas em 1980 (foto: Ansa)
17:29, 21 MaiBOLONHA ZCC

(ANSA) - Uma foto inédita que mostra a praça da estação de Bolonha na manhã de 2 de agosto de 1980, logo após o atentado terrorista que deixou 85 mortos e mais de 200 feridos, foi revelada na Itália nesta quinta-feira (21).

A imagem colorida foi encontrada pelo advogado Andrea Speranzoni, defensor da associação de familiares das vítimas do massacre.

Na fotografia é possível ver uma mulher que parece se afastar do local, com uma bolsa no ombro direito e uma mão na têmpora, como um sinal de desespero, além de um policial de trânsito e outras pessoas ao fundo, enquanto a fumaça invade a entrada da estação.

A explosão foi materialmente atribuída à organização terrorista neofascista Nuclei Armati Rivoluzionari. No entanto, o caso ainda gera polêmica na Itália sobre as identidades dos mandantes do atentado e as motivações. Algumas teorias suspeitam, inclusive, do envolvimento de outros grupos e até do serviço secreto italiano.

Em fevereiro deste ano, o Ministério Público de Bolonha encerrou a nova investigação sobre o massacre, no qual cinco nomes foram citados como os principais mandantes e executores do crime: Paolo Bellini, ex-agente nacional; Licio Gelli, ex-mestre venerável da Loja Maçônica "Propaganda Dois" (P2); Umberto Ortolani; Federico Umberto D'Amato e Mario Tedeschi. Os quatro últimos suspeitos já faleceram. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA