FCA apresenta Fiat 500 elétrico para Conte e Mattarella

Nova versão do clássico italiano foi exposta no Palazzo Chigi

Nova versão do clássico italiano foi exposta no Palazzo Chigi (foto: ANSA)
16:09, 03 JulTURIM ZCC

(ANSA) - O presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), John Elkann, apresentou nesta sexta-feira (3) o novo Fiat 500 elétrico para o chefe de Estado da Itália, Sergio Mattarella, e para o primeiro-ministro Giuseppe Conte.

O encontro foi realizado no pátio do Palazzo Chigi, em Roma, e contou com a presença do chefe de atividades europeias da FCA, Pietro Gorlier, e do chefe executivo da Fiat, Olivier François.

"A terceira geração do 500 é a resposta totalmente italiana para a mobilidade sustentável de amanhã", explicaram os representantes da FCA à Mattarella.

O tradicional carro italiano, que deixou os motores a combustão e se tornou totalmente elétrico, conta com um motor com potência de 87 kW, proporcionando uma velocidade máxima limitada de 150 km/h e aceleração de 0 a 100 km/h em 9 segundos, com 0 a 50 em 3,1 segundos.

O Novo 500 ainda possui três modos de condução: normal, range e sherpa, que podem ser selecionados para combinar com o estilo de condução, além de ter uma central multimídia.

O novo modelo elétrico foi concebido, projetado e desenvolvido em Turim, onde a empresa nasceu há mais de 120 anos. Ele é produzido em Mirafiori, onde será lançado o hub de baterias que, ao ser concluído, será a maior fábrica do gênero no mundo. Até o final de 2021, a infraestrutura permitirá a interconexão de até 700 veículos elétricos.

De acordo com os executivos da FCA, a apresentação do Fiat 500 elétrico aos líderes italianos "foi a ocasião para reafirmar o compromisso da empresa na implementação do grande plano de investimentos para a Itália".

"Um plano que está na base da transformação do setor automotivo italiano em um futuro com baixas emissões, movido a veículos híbridos e elétricos e cada vez mais conectado", finalizaram. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA