Itália e Suíça prendem 75 membros da máfia 'ndrangheta

Operação mirou diversos clãs dos mafiosos italianos

Além de 75 presos, outros 158 são investigados e foram apreendidos 169 milhões de euros em bens
Além de 75 presos, outros 158 são investigados e foram apreendidos 169 milhões de euros em bens (foto: ANSA)
13:35, 21 JulCATANZARO ZGT

(ANSA) - Em uma ação conjunta de agentes da Itália e da Suíça, 75 membros de diversos clãs da máfia 'ndrangheta foram presos nesta terça-feira (21).

Além dos alvos da prisão, outros 158 são investigados na operação por diversos crimes, como associação mafiosa, associação para o tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e corrupção - todos agravados por serem de origem mafiosa.

Segundo os agentes, os presos pertencem às famílias criminosas que atuam, principalmente, no território da Calábria, berço da 'ndrangheta.

A operação foi coordenada pelo Departamento Distrital Antimáfia (DDA) de Catanzaro e conduzida pelos agentes financeiros do Comando Provincial de Catanzaro e do Serviço Central de Investigação do Crime Organizado de Roma.

Também contou com o apoio de departamentos do Comando Regional da Calábria e da Polícia Judiciária Federal de Berna, na Suíça. Ao todo, mais de 700 agentes participaram da operação.

Conforme comunicado, foram ainda apreendidos bens no valor equivalente de 169 milhões de euros e a operação é fruto de vários anos de trabalho de investigação comum entre os dois países. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA