Migrante desembarca em ilha italiana com gato de estimação

Tunisiana levou o felino na perigosa travessia do Mediterrâneo

Migrante atravessou o Mediterrâneo com gato de estimação (foto: Ansa)
10:33, 29 JulLAMPEDUSA ZLR

(ANSA) - A Guarda Costeira da Itália socorreu nesta quarta-feira (29), na costa da ilha de Lampedusa, um barco com 11 migrantes tunisianos.

O grupo inclui dois deficientes físicos, duas mulheres e três crianças pequenas, além de um gato branco de estimação levado por uma deslocada internacional. Na última segunda-feira (27), um grupo de migrantes tunisianos já havia desembarcado em Lampedusa com um cachorro na coleira.

"Espero encontrar um trabalho e liberdade, porque a Tunísia está cheia de prisões, cheia de porcarias", disse a mulher proprietária do cão.

O país norte-africano fica a cerca de 100 quilômetros em linha reta de Lampedusa, que é a principal porta de entrada para migrantes e refugiados na Itália. A curta distância faz com que muitos se arrisquem na travessia com animais de estimação e pertences pessoais.

A intensificação do fluxo migratório no Mediterrâneo fez o prefeito Totò Martello pedir para o governo declarar estado de emergência na ilha, cujo centro de acolhimento abriga mais de 1,1 mil pessoas, cerca de 11 vezes a sua capacidade. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA