Cidade na Sardenha impõe lockdown até 2 de outubro

Medida foi tomada após registro de novos casos de Covid-19

Medida foi tomada após registro de novos casos de Covid-19
Medida foi tomada após registro de novos casos de Covid-19 (foto: ANSA)
17:15, 25 SetORISTANO ZCC

(ANSA) - O governo da cidade de Aidomaggiore, na região da Sardenha, anunciou nesta sexta-feira (25) que impôs um lockdown até 2 de outubro, após o registro de novos casos do coronavírus Sars-CoV-2.

A decisão foi tomada pela vice-prefeita do município localizado na província de Oristano, Maria Lourdes Pala, que está substituindo o atual prefeito diagnosticado com Covid-19.

A medida prevê o fechamento de todas as atividades comerciais, com exceção de estabelecimentos de produtos essenciais. Os moradores devem ficar em casa e só poderão se deslocar pela cidade por motivos de extrema necessidade e urgência, como trabalhar em serviços essenciais e sair para fazer compras em supermercados e farmácias, além de ir ao médico.

A polícia local ainda precisará fiscalizar toda a região, que ficará em quarentena devido ao "agravamento da situação epidemiológica e o crescimento do número de casos de Covid-19".

Segundo o decreto, duas pessoas estão contaminadas pela doença e inúmeros cidadãos aguardam para a realização do teste, por terem entrado em contato com casos positivos.

Nesta sexta-feira (25), a Itália registrou 1.912 novos casos de coronavírus, maior número para um único dia desde 1º de maio, ainda antes do fim do lockdown. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA