Comitê italiano reduz quarentena de 14 para 10 dias

Medida será válida para quem teve contato com infectados

Medida será válida para quem teve contato com infectados
Medida será válida para quem teve contato com infectados (foto: ANSA)
16:30, 11 OutROMA ZCC

(ANSA) - O Comitê Técnico-Científico (CTS) do governo da Itália decidiu neste domingo (11) alterar o período de quarentena de 14 para 10 dias para pessoas que estiveram em contato com um caso confirmado do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Segundo apuração da ANSA, a decisão foi tomada durante reunião emergencial sobre o avanço da pandemia entre os especialistas e o ministro da Saúde Roberto Speranza.

Durante o encontro também foram discutidas algumas regras que devem estar no novo decreto que o governo italiano está elaborando e serão debatidas com os representantes regionais.

Além disso, ficou decidido que não será mais necessário as pessoas contaminadas realizarem dois testes swab para confirmar o fim da quarentena após o primeiro exame ter resultado negativo.

Desta forma, apenas um diagnóstico negativo será necessário para "liberar" os pacientes da Covid-19. A decisão foi tomada para reduzir imediatamente a forte pressão sobre o sistema nacional de saúde e para possibilitar a realização dos testes em mais pessoas. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA