Região da Itália estende medidas restritivas até 13 de novembro

Novo decreto foi divulgado nesta segunda-feira (19)

Novo decreto foi divulgado nesta segunda-feira (19)
Novo decreto foi divulgado nesta segunda-feira (19) (foto: ANSA)
18:27, 19 OutROMA ZCC

(ANSA) - A região da Campânia divulgou nesta segunda-feira (19) o conteúdo de seu novo decreto com medidas restritivas contra a propagação do coronavírus Sars-CoV-2, que passa a valer até o próximo dia 13 de novembro.

Entre as regras estão alterações no horário de funcionamento de estabelecimentos públicos, proibições de qualquer tipo de festa.

Os restaurantes, pizzarias, bares e pubs só poderão funcionar a partir das 21h no formato take away ("comida para levar"). As entregas, no entanto, deverão ser feitas mediante ao cumprimento das regras de prevenção.

Confeitarias, sorveterias e locais similares serão fechados das 23h às 5h, de domingo a quinta-feira. As únicas exceções são os bares e lanchonetes das estações das rodovias.

Além disso, as corridas esportivas poderão ser realizadas nas orlas, parques públicos e nos centros das cidades apenas entre às 6h e 8h30.

As festas e recepções, seja resultantes de cerimônias civis ou religiosas, com participação de convidados que não fazem parte da família que vive no mesmo lugar, mesmo que inferior a 30 pessoas, estão proibidas em todos os locais internos e externos. Aglomerações, reuniões, funerais e procissões também estão vetadas.

Segundo o documento assinado pelo governador Vincenzo De Luca, as atividades em universidades da região também ficarão suspensas, exceto para estudantes do primeiro ano.

Até o momento, todas as aulas presenciais, com exceção das escolas frequentadas por crianças entre 0 e 6 anos de idade, estão paralisadas. A expectativa é de que uma portaria com novas regras escolares seja divulgada amanhã (20). (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA