Covid: Clínica para idosos na Itália cria 'sala dos abraços'

Objetivo é permitir contato físico entre pacientes e familiares

'Sala dos abraços' criada por clínica para idosos na Itália (foto: Piero Cruciatti/AFP)
12:37, 12 NovSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Uma clínica para idosos na Itália criou uma "sala dos abraços" para permitir o contato físico entre pacientes e seus entes queridos durante a pandemia do novo coronavírus.

A necessidade de isolamento é um dos maiores desafios enfrentados nessa crise sanitária, especialmente por idosos, que formam o principal grupo de risco da Covid-19.

Para tentar minimizar a ausência dos entes queridos na pandemia, a clínica Domenico Sartor, situada na cidade de Castelfranco Veneto, norte da Itália, criou uma sala onde, por meio de uma tela de plástico anticontágio, os familiares podem abraçar os pacientes do local.

Além disso, a clínica instalou uma parede transparente com dois buracos protegidos pelo mesmo plástico e nos quais o visitante pode colocar suas mãos para tocar o ente querido, sem o risco de expô-lo ao novo coronavírus.

Segundo a clínica, o contato físico com os familiares aumenta o bem-estar mental e emocional do paciente durante o isolamento. Na primeira onda da pandemia, a Itália registrou milhares de mortes em asilos e estruturas sanitárias para idosos.

Um relatório oficial divulgado em julho passado estimou que mais de 10% das mortes por Covid-19 registradas até então tinham acontecido nesse tipo de estabelecimento. Na época, o país contabilizava cerca de 35 mil óbitos, mas agora já tem cerca de 43 mil. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA