Mais de 45 mil pessoas já foram vacinadas em toda a Itália

País europeu utiliza lotes de vacina da Pfizer/BioNTech

País europeu utiliza lotes de vacina da Pfizer/BioNTech
País europeu utiliza lotes de vacina da Pfizer/BioNTech (foto: ANSA)
10:18, 02 JanROMA ZCC

(ANSA) - A comissão extraordinária para a pandemia de Covid-19 na Itália divulgou neste sábado (2) que 45.667 italianos já foram vacinados contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) em todo o país.

Os dados estão disponíveis no portal online criado pelo comissário Domenico Arcuri e revelam que a faixa etária mais vacinada está entre 50 e 59 anos, com cerca de 13.086 imunizações. Na sequência aparece os cidadãos entre 40 e 49 anos (10.475) e de 30 a 39 anos (7.972).

A primeira fase da campanha de vacinação teve início oficialmente entre 30 e 31 de dezembro, dependendo da região, e envolve profissionais de saúde (40.148 imunizados), idosos que moram em residências médicas e asilos (3.338) e operadores de equipes não sanitárias que trabalham em hospitais e centros médicos (2.181).

Entre as regiões que lideram o ranking de pessoas vacinadas estão a província autônoma de Trento (1.730 doses administradas, 34,8% das 4.975 disponíveis), o Lazio (9.301 vacinações, 20,3% das 45.805 doses disponíveis) e Friuli-Veneza Giulia (1.948 imunizações, 16,3% das 11.965 doses disponíveis).

Os números já mostram a aplicação de vacinas do segundo lote enviado pela farmacêutica Pfizer ao país. A empresa, em parceria com o laboratório alemão BioNTech, produz a primeira vacina autorizada na União Europeia e a única, até agora, aprovada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A autorização dada pela OMS representa um ganho para os países em desenvolvimento sem seus próprios órgãos reguladores de saúde, que poderão acelerar seu processo para dar o aval para o imunizante ser utilizado.

A vacina Pfizer-BioNTech foi aprovada pelo Reino Unido em 8 de dezembro e, em seguida, pelos Estados Unidos, Canadá e União Europeia. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA