Itália ultrapassa marca de 77 mil óbitos por Covid-19

Foram 414 novas vítimas em 24h; houve aumento de internações

Números ficaram estáveis na comparação com a quarta-feira
Números ficaram estáveis na comparação com a quarta-feira (foto: ANSA)
13:55, 07 JanROMA ZGT

(ANSA) - A Itália registrou mais 414 vítimas por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 77.291 a quantidade de óbitos registrados no país desde fevereiro do ano passado, informou o boletim do Ministério da Saúde desta quinta-feira (07).

Ainda conforme o documento, foram 18.020 novos casos registrados em um dia, o que totaliza 2.220.361 diagnósticos positivos para a Covid-19 desde o início da crise sanitária no país.

Os números estão um pouco menores dos que os registrados na quarta-feira (06), quando foram computados 20.331 casos e 548 mortes. Porém, houve uma queda acentuada na quantidade de testes realizados: foram 121.275 exames contra 178.596 realizados ontem. Com isso, a taxa de positividade subiu para 14,8% - contra os 11,3% registrados anteriormente.

 

 

Houve um aumento nos casos ativos - que desconsideram os óbitos e as curas - de 2.343, depois de quatro dias consecutivos de queda.

São 571.055 pessoas que lutam contra o coronavírus Sars-CoV-2 no momento no país, sendo que 23.291 estão internados em diversos departamentos médicos (+117 em relação a quarta-feira) e 2.587 estão hospitalizados em unidades de terapia intensiva (+16). Outros 545.177 estão em isolamento domiciliar.

A boa notícia é que houve um novo aumento na quantidade de pessoas consideradas curadas: foram 15.659 em 24 horas, elevando para 1.572.015 aqueles que se recuperaram da doença. (ANSA).

   

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA