Itália ultrapassa 80 mil mortes por Covid-19

Estudantes protestam em Roma contra fechamento de escolas devido à pandemia do novo coronavírus
Estudantes protestam em Roma contra fechamento de escolas devido à pandemia do novo coronavírus (foto: ANSA)
13:59, 13 JanSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - A Itália registrou nesta quarta-feira (13) mais 507 óbitos causados pelo novo coronavírus e superou a marca de 80 mil mortes na pandemia.

De acordo com o Ministério da Saúde, o país soma agora 80.326 vítimas do Sars-CoV-2, sexto maior número no mundo em cifras absolutas, atrás de EUA (381.130), Brasil (204.690), Índia (151.529), México (135.682) e Reino Unido (83.345).

A Itália também contabiliza 2.319.036 casos confirmados (+15.774 em 24 horas), 1.673.936 pacientes curados (+20.532) e 564.774 contágios ativos (-5.266).

Em audiência na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, o ministro da Saúde, Roberto Speranza, confirmou que o governo prorrogará o estado de emergência até 30 de abril e disse que há uma "piora geral da situação epidemiológica" no país.

Até o momento, cerca de 800 mil pessoas receberam a primeira dose da vacina anti-Covid na Itália. (ANSA)

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA