Itália endurece medidas contra novo coronavírus em 5 regiões

Somente a Sardenha está na faixa branca, a mais branda

Somente a Sardenha está na faixa branca, a mais branda
Somente a Sardenha está na faixa branca, a mais branda (foto: ANSA)
12:20, 27 FevROMA ZCC

(ANSA) - O governo italiano endureceu neste sábado (27) as medidas restritivas em cinco das 20 regiões do país em um novo esforço para evitar a propagação do coronavírus Sars-CoV-2, no momento em que as autoridades sanitárias alertam para o crescimento dos casos das variantes altamente contagiosas.

Atualmente, a Itália estabeleceu um sistema de cores distribuídos em quatro níveis - branco, amarelo, laranja e vermelho - e que permite classificar os territórios de acordo com índice de transmissão da Covid-19.

Com isso, a partir da próxima segunda-feira (1º), as regiões da Basilicata e Molise passarão para a faixa vermelha, a mais restritiva e que prevê medidas semelhantes às do lockdown imposto no início da pandemia.

Nesta classificação é previsto o fechamento do comércio, com exceção de negócios de alimentos e itens essenciais, bares e restaurantes. Os dois últimos só podem funcionar por delivery ou para retirada. Além disso, só são permitidos deslocamentos por motivos de trabalho, saúde ou necessidade.

Já as regiões da Lombardia, Marcas e Piemonte sairão da zona amarela para a laranja, de risco intermediário. Nesse regime, é permitido circular livremente dentro do próprio município e o comércio pode abrir as portas, mas restaurantes e bares continuam fechados.

Com o novo decreto, a ilha da Sardenha se torna a primeira região a ser classificada na "zona branca", com medidas restritivas mínimas.

Ao todo, a Itália terá nove regiões na cor laranja, oito na amarela, duas na faixa vermelha e uma na branca. O novo decreto foi assinado pelo ministro da Saúde, Roberto Speranza. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA