Brasil e Itália firmam acordo para reconhecimento de CNH

Brasileiros habilitados poderão ter carta de motorista italiana

Hoje, para um brasileiro dirigir na Itália, é preciso ter a CNH e a permissão internacional
Hoje, para um brasileiro dirigir na Itália, é preciso ter a CNH e a permissão internacional (foto: ANSA)
20:19, 03 NovSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Itália e Brasil assinaram um acordo para reconhecimento recíproco de carteiras de habilitação, que permitirá que cidadãos dos dois países convertam suas cartas de motorista das categorias A e B sem necessidade de submeter-se a exames práticos ou teóricos.

Firmado pelo embaixador do Brasil em Roma, Ricardo Neiva Tavares, e pelo vice-ministro das Relações Exteriores da Itália, Mario Giro, o documento entrará em vigor 60 dias após sua ratificação pelos dois países.

Quando isso ocorrer, um brasileiro que se mudar para a Itália - ou vice-versa - poderá converter sua CNH sem precisar fazer nenhum tipo de prova, desde que realize a solicitação antes de completar quatro anos de residência na outra nação.

Contudo, o acordo valerá apenas para carros e motos. Nas outras categorias continuará sendo necessário realizar exames práticos e teóricos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA