Conheça o Tiramisù, doce italiano com café

Sobremesa é feita com café, chocolate e mascarpone

Tiramisù
Tiramisù (foto: Ansa)
16:57, 21 MarSÃO PAULO Beatriz Farrugia e Luciana Ribeiro

(ANSA) - Considerado um dos doces italianos mais famosos do mundo, o Tiramisù tem conquistado cada vez mais os brasileiros, tanto pelo seu sabor, quanto pela energia que traz àqueles que o degustam. Nesta terça-feira (21) é celebrado o "Tiramisù Day" em todo o mundo.
   

O sucesso da iniciativa, criada por Clara e Gigi Padovani, autores do livro "Tisamisù. História, curiosidades, interpretações do doce italiano mais amado", e do fundador do Eataly, Oscar Farinetti, fez a hashtag #Tiramisùday garantir o primeiro lugar na ranking da Itália no Twitter.

O nome provém da expressão em italiano "Tirami Sù", que significa algo como "puxa-me para cima" ou "levanta-me". "Se você vai ajudar a levantar uma pessoa que por um acaso cai no chão e pede ajuda, justamente esse ato de levantar significa Tiramisù", explicou o italiano proprietário da padaria e confeitaria Napolimania, Gennaro Di Liddo.
   

No entanto, há diversas teorias sobre a origem da sobremesa. Muitas regiões da Itália se consideram criadoras do doce, entre elas a de Piemonte, Lombardia e Toscana. Mas, "a príncipio ele vem da região do Vêneto, especificamente de Treviso", ressaltou Di Liddo.
   

Algumas histórias contam que o Tiramisù surgiu em um orfanato de uma pequena cidade italiana com a intenção de dar energia às crianças do local. Outra, fala que quem criou a sobremesa foi uma senhora dona de restaurante que estava acostumada, quando criança, a ter dois tipos de merendas calóricas, e por isso juntou as bolachas, o café e uma fatia de queijo, surgindo assim o doce.
   

Segundo Di Liddo, uma terceira teoria diz que o "doce foi criado para dar energia às prostitutas da época que tinham bastante trabalho. Elas precisavam se alimentar e ter bastante energia".
   

Além disso, as venezianas tinham o hábito de preparar o doce para os seus amantes ao cair da noite. Graças à combinação entre café e chocolate, considerados estimulantes, o tiramisù ganhou fama de afrodisíaco e começou a ser consumido na Itália antes de encontros amorosos.
   

Outra possibilidade, é que a sobremesa foi criada em homenagem à visita do Duque de Toscana, Cosimo III, da família Médici, e para isso foram utilizados os ingredientes mais nobres, como o café e o queijo mascarpone. Originalmente, a receita teria sido batizada de "Zuppa del Duca" ("Sopa do Duque").

No Brasil, a receita chegou junto com os imigrantes e precisou ser adaptada pela falta de alguns ingredientes italianos. O queijo mascarpone, o chocolate e o café são os principais ingredientes da sobremesa.

No entanto, com o passar dos anos, a receita original ganhou diversas interpretações e preparações, inclusive em algumas regiões, a sobremesa é feita com bebida alcoólica, como o vinho marsala, além de chantilly.
   

O Tiramisù tem o poder de inspirar, cativar e energizar todos aqueles que o provam. A sobremesa italiana é uma das mais saboreadas. Segundo o proprietário da Napolimania, "a palavra Tiramisù é a quarta palavra italiana mais conhecida, ela vem atrás da palavra pizza, que tem origem napolitana; Spaghetti; e atrás da palavra Mozzarella, queijo também napolitano", disse Di Liddo.
   

Confira a receita do Tiramisù feita pelo chef confeiteiro Rodrigo Paula:

1ª etapa - Base do Tiramisù

Pão-de-ló de Chocolate:

125g de manteiga

275g de açúcar

4 ovos

275g de farinha

250ml de leite integral

1 colher de fermento

70g de chocolate em pó (de preferência o de 55%)

Modo de Fazer:

Bata a manteiga e açúcar na batedeira até obter um creme esbranquiçado. Acrescente os ovos e continue batendo para incorporar. Depois, coloque a farinha, o leite e o fermento e bata até todos os ingredientes se misturarem. Acrescente o chocolate e misture.
   

Em uma forma, coloque papel manteiga ou unte com margarina e farinha e acrescente a massa. Leve ao forno por 35 minutos.
   

2ª etapa - Mousse de Café

200g de chocolate meio-amargo

110ml de creme de leite sem soro

150ml de creme de leite fresco

4g de café

Modo de Fazer:

Leve o chocolate de 15 em 15 segundos no microondas até derreter totalmente. Acrescente o creme de leite e misture até obter uma consistência de ganache. Reserve.
   

Bata o creme de leite fresco na batedeira até obter uma consistência firme. Misture no ganache e bata novamente junto com o café. Após, coloque o creme em uma forma em camada e leve a geladeira.
   

3ª etapa - Creme

150g de gema

120g de açúcar

110g de creme de leite fresco (batido em consistência de chantilly)

250 g de queijo Mascarpone

Modo de Fazer:

Misture a gema com o açúcar e leve em banho maria até o açúcar derreter. Após, coloque na batedeira e bata até obter um creme esbranquiçado. Misture o creme de leite fresco batido e acrescente o queijo Mascarpone. Mexa até obter um creme homogêneo.
   

4ª etapa - Montagem 

5 xícaras de café espresso gelado

Biscoitos de champanhe

Modo de fazer:

Na forma do mousse, acrescente uma camada de bolacha banhada no café e depois uma camada do creme, assim suscetivamente. A última camada é feita com uma fatia do pão de ló. Leve para geladeira por 30 minutos. Depois desenforme e decore com cacau e café em pó e em grão. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA