Mostra que relaciona cores e arte é inaugurada em Turim

Exposição é viagem no tempo e conta com obras de vários artistas

Obra em exposição na Galeria Cívica de Arte Moderna e Contemporânea de Turim
Obra em exposição na Galeria Cívica de Arte Moderna e Contemporânea de Turim (foto: Divulgação)
19:20, 14 MarTURIM ZLR

(ANSA) - Foi inaugurada nesta terça-feira (14), em Turim, no norte da Itália, a exposição "As emoções das cores na arte", que está em cartaz no Castello di Rivoli e na Galeria Cívica de Arte Moderna e Contemporânea (GAM) e reúne mais de 400 obras de 130 artistas desde 1700.

Nascida a partir de uma ideia da diretora dos dois museus, Carolyn Christov-Bagargiev, a mostra é fruto de uma longa pesquisa artística, filosófica e científica sobre a percepção humana em relação às cores e sua utilização na arte.

A exposição leva em conta movimentos que se desviaram das histórias canônicas sobre a cor, por meio de múltiplas narrações que se conectam à memória, à espiritualidade, à política, à psicologia e à sinestesia.

Entre os artistas exibidos na mostra, estão Paul Klee, Wassily Kandinsky, Edvard Munch, Henri Matisse e Andy Warhol. As obras foram cedidas pelos principais museus e coleções privadas do mundo.

"Uma mostra como essa demonstra ao menos duas coisas: que as boas ideias, frutos da paixão e da inteligência, têm algo a mais e que as sinergias entre as entidades culturais públicas e privadas são a força de Turim", disse a prefeita Chiara Appendino.

A exposição ficará aberta ao público até o dia 23 de julho. O Castello di Rivoli pode ser visitado de terça a sexta-feira, das 10h às 17h, e aos sábados, das 10h às 19h. O ingresso custa 8,50 euros. Já a GAM fica aberta de terça a domingo, das 10h às 18h. A entrada custa 10 euros. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA