Conheça a receita do zeppoline, doce típico de Nápoles

Sobremesa costuma ser presenteada aos pais no Dia de San Giusepp

O Zeppoline é um doce típico de Nápoles
O Zeppoline é um doce típico de Nápoles (foto: Ansa)
19:10, 20 MarSÃO PAULO ZAR

(ANSA) - A cozinha napolitana é famosa por vários pratos e especialidades típicas, como a sua pizza, considerada pelos seus habitantes a verdadeira pizza italiana, e os seus doces. Entre eles se destaca os zeppoline, pequenos e deliciosos bolinhos fritos repletos de história.

Tradicional da região da Campânia, a sobremesa começa a ser preparadas todos os anos na época de Carnaval, na qual a fritura é um sinal de abundância, e especialmente no dia 19 de março, quando é comemorado na Itália, e em outros países católicos, o Dia de San Giuseppe (Dia de São José, no Brasil), mais conhecido como o Dia dos Pais.

Nesta data tão especial, é comum que os pais sejam presenteados pelos seus filhos com doces, que variam de região para região da Itália, e que, em Nápoles, costumam ser os zeppoline.

No entanto, na cidade italiana, o doce, simples, barato, fácil de ser feito e muito saboroso, acaba também podendo ser encontrado durante o resto do ano, sendo vendido em bares ou até na rua.

Muitos dizem que a sobremesa, feita basicamente com farinha, água, sal, açúcar e fermento, foi inventada pelas freiras de San Gregorio Armeno, enquanto outros afirmam que a criação se deve às religiosas de Croce di Lucca e terceiros ainda dizem que o doce certamente surgiu com as beatas do Splendor, mas em todas as hipóteses, a história começa em Nápoles.

O que se sabe com certeza é que a primeira vez na qual a receita do famoso "bolinho" foi escrita foi na obra "Cucina Teorico-Pratica", um tratado na cozinha napolitana do cozinheiro e duque da cidade de Buonvicino Ippolito Cavalcanti, em 1837.

Confira a receita dos famosos zeppoline

Ingredientes:

630 gr de farinha;

500 ml de água;

10 gr de sal;

20 gr de açúcar;

3,5 gr de fermento.

Modo de preparo:

Em uma vasilha, despeje a água, o sal, o açúcar e o fermento e dê uma leve mexida.

Em seguida, acrescente a farinha no mesmo recipiente e misture todos os ingredientes com a mão até que a massa fique com uma consistência quase lisa.

Depois, deixe a mistura descansar entre 2h30 e 3h na geladeira. Após este período, faça pequenas bolas da massa com a mão e as jogue em uma panela com óleo aquecido a 160° para fritá-las.

Já fritas, passe açúcar e canela a gosto na superfície dos bolinhos.

Se quiser, acrescente ganache de chocolate ou nutella por cima para enfeitar. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA