Cientista aponta nova teoria para criação do vulcão Etna

Nível do mar teria contribuído para formação da montanha

Cientista aponta nova teoria para criação do vulcão Etna
Cientista aponta nova teoria para criação do vulcão Etna (foto: ANSA/NASA)
20:18, 04 AbrROMA ZLR

(ANSA) - O cientista Iain Stewart apontou que o aumento do nível do mar foi o responsável pela criação do vulcão Etna, em um estudo publicado na revista científica "Episodes".

"A correspondência entre o período de aumento do nível do mar e de transformação do Etna é mais que uma simples coincidência", afirmou.

Segundo ele, há 130 mil anos, o Mar Mediterrâneo atingiu o maior nível que se tem conhecimento, o que foi seguido por um aquecimento do clima.

De acordo com o pesquisador, isso causou o "fechamento" do antigo canal dos centros de erupção - que se alongava na direção norte-sul ao longo da costa atual -, forçando a lava a emergir por outro lugar da ilha da Sicília: o Etna.

Outra hipótese levantada é que o aumento do calor na crosta terrestre teria levado à formação do vulcão, de acordo com um estudo publicado em 2011 no Jornal Italiano de Geociências do Observatório do Etna, ligado ao Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (Ingv).

"No artigo publicado em 2011, demos uma explicação muito mais simples e plausível", explicou, em entrevista à ANSA, Stefano Branca, do Ingv.

"Para nós, a formação do vulcão se deve ao gradual aquecimento térmico da crosta terrestre e a uma maior eficiência no mecanismo de subida do magma, que se concentrou em uma zona de saída 'preferencial', ou seja, o Etna", disse.

O Etna é o vulcão ativo de maior altitude da Europa e fica na região da Sicília, entre as províncias de Catânia e Messina.

De acordo com um estudo publicado na revista Bulletin of Volcanology, atualmente há uma maior preocupação acerca do vulcão, pois ele está "deslizando" para o mar, o que pode provocar catástrofes naturais. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA