Museus da Itália batem recorde de público em 2017

Roma é a cidade com maior número de visitantes

Museus da Itália batem recorde de público em 2017
Museus da Itália batem recorde de público em 2017 (foto: Divulgação/ Museu de Arte Sorlini)
19:33, 11 AbrROMA ZLR

(ANSA) - Os museus da Itália bateram um novo recorde de público em 2017, superando pela primeira vez a marca de 50 milhões de visitantes, como indica um relatório apresentado pelo Centro de Estudos Turísticos de Florença.

De acordo com os dados, Roma foi a cidade com museus e monumentos mais frequentados no ano passado, com 21 milhões de visitantes, um crescimento de 66% em relação a 2010.

No entanto, o município que mais cresceu em termos proporcionais foi Matera, reconhecido pela Unesco como Patrimônio da Humanidade e eleito "Capital Europeia da Cultura para 2019", com alta de 176%.

Em seguida aparecem Nápoles, com um "boom" de 91,3%, Verona (62,7%), Pádua (55,6%) e Bolonha (55%).

O ano passado também foi marcado por um grande número de turistas nos vilarejos italianos. Segundo o relatório, as vilas registraram 22 milhões de "chegadas" e 95 milhões de "permanências", o que movimentou 8,2 bilhões de euros. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA