Italianos estão mais velhos e se casam menos, diz estudo

Idade média da população do país é de 45,2 anos

Idosas conversam em um parque de Gênova, na Itália, em agosto de 2017
Idosas conversam em um parque de Gênova, na Itália, em agosto de 2017 (foto: ANSA)
19:38, 06 SetROMA ZLR

(ANSA) - Menos casamentos, mais divórcios e uma população cada vez mais velha: esse é o cenário da Italia de hoje traçado pelo relatório anual do Instituto Nacional de Estatística (Istat), divulgado nesta quinta-feira (6).

Segundo o estudo, o número de habitantes no país em 1º de janeiro de 2018 era de 60,484 milhões, com uma idade média de 45,2 anos. Desse total, apenas 13,4% da população tem menos de 15 anos, enquanto 22,6% possui 65 ou mais - a parcela entre as duas faixas etárias corresponde a 64%.

O número de habitantes com 80 anos de idade ou mais é de 7%, sendo que 15 mil pessoas superam a barreira dos 100, das quais 20 têm mais de 110 anos de idade. De acordo com o Istat, houve uma forte queda no número de cidadãos casados entre 1991 e 2018: -3,843 milhões na faixa etária entre 15 e 64 anos.

Por outro lado, o grupo dos solteiros ganhou 3,090 milhões de pessoas, enquanto o número de divorciados cresceu 972 mil. Entre julho de 2016 e 31 de dezembro de 2017, a Itália registrou 6.712 uniões civis entre pessoas do mesmo sexo, o que não era permitido antes desse período.

Desse total, 4.682 (69,8%) dizem respeito a casais de homens, e 2.030 (30,2%), a mulheres. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA