Pinacoteca de Brera, em Milão, é reaberta após restauração

Todas as salas do museu foram revitalizadas

Pinacoteca de Brera, em Milão, é reaberta após restauração
Pinacoteca de Brera, em Milão, é reaberta após restauração (foto: ANSA)
15:24, 03 OutROMA ZBF

(ANSA) - A famosa Pinacoteca de Brera, em Milão, foi reaberta nesta segunda-feira (1) após ter passado por um grande processo de restauração em suas estruturas. Todas as 38 salas do museu foram completamente revitalizadas.

Além disso, a coleção de quadros foi reorganizado e o sistema de iluminação da pinacoteca foi alterado. Um novo itinerário de exposições entrou em vigor, com o objetivo de facilitar o acesso de visitantes.

A reabertura da Pinacoteca foi marcada também pela inauguração do "Caffè Fernanda, um pequeno bar localizado no primeiro andar do museu. O nome do estabelecimento é uma homenagem à famosa diretora Fernanda Wittgens, a primeira mulher na Itália a administrar um museu. Ela foi responsável por "ressuscitar" a Pinacoteca durante o período após o final da Segunda Guerra Mundial.

Outra novidade do museu foi a reabertura de uma entrada da Pinacoteca que possui mais de 100 anos de idade.

 "Quando fizemos o projeto, há três anos, prometemos a reabertura em 2018. Infelizmente eu não estou acostumado aos atrasos que estão lá, eu tenho que aprender mais sobre a Itália", disse o diretor do museu, James Bradburne, relacionando com as obras atrasadas do Palácio Citterio. Bradburne ainda afirmou que os museus "devem ser lugares vivos" e não apenas "depósitos".

Aberta em 1776, a Pinacoteca de Brera está localizada em um dos maiores complexos de Milão, com mais de 24 mil metros quadrados de superfície. O museu exibe uma das coleções de arte mais famosas da Itália.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA