Arqueólogos descobrem altar oculto em Pompeia

Cidade foi destruída há dois mil anos

Pompeia foi destruída em 79 d.C. (foto: ANSA)
17:33, 05 OutROMA ZFD

(ANSA) - Arqueólogos do Parque Nacional de Pompeia, no sul da Itália, anunciaram nesta sexta-feira (5) a descoberta de um altar oculto nas ruínas da cidade, que foi destruída em 79 d.C após uma chuva de cinzas causada por uma grande erupção do vulcão Vesúvio.

O larário, espécie de altar romano para adoração de deuses, é o maior já encontrado na cidade. O espaço de culto é ornamentado com pinturas que representam ofertas às divindades e tem um ambiente dedicado a sacrifícios para a proteção à família, onde foram encontrados restos de corpos dos moradores, possivelmente queimados enquanto oravam nos momentos que precederam o desastre. A decoração inclui pinturas de serpentes, um pavão rodeado por folhas verdes e feras verdes e douradas que lutam contra um javali preto. Ainda há ilustrações nas paredes do ambiente, com pássaros, um poço, uma banheira colorida e o retrato de um "homem-cão" preservados.

Ainda restam dúvidas sobre se o proprietário da casa era um homem rico. "Quem sabe isso não se revele nos trabalhos dos próximos meses, quando os outros dois quartos da casa serão totalmente revelados", diz Massimo Osanna, diretor-geral do parque nacional de Pompeia. A nova área de escavações tem cerca de três quilômetros quadrados. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA