Coliseu será monitorado por câmeras 'smart'

Tecnologia deixará parque arqueológico mais seguro

Coliseu será monitorado por câmeras 'smart' (foto: ANSA)
17:47, 09 NovROMA ZBF

(ANSA) - Câmeras do tipo "smart" serão utilizadas para monitorar uma área do parque arqueológico do Coliseu, em Roma. Essa medida é uma das aplicações do acordo tecnológico assinado em maio deste ano entre a Acea, multiserviços italiana de tecnologia, e a grande chinesa das telecomunicações Huawei. A empreitada foi renovada nesta quarta-feira (7) em uma convenção organizada pela Huawei na capital italiana.

O projeto, que será coordenado pelo Ministério dos Bens Culturais, tem como objetivo o monitoramento inteligente de uma zona delimitada através de câmeras tecnologicamente avançadas e de alta definição, que garantirão maior segurança ao patrimônio histórico-artístico do parque. "A renovação do acordo tecnológico permitirá prosseguir com o roadmap (roteiro de desenvolvimento) a fim de executar projetos para uma cidade mais segura e inteligente", disse Francesco Del Pizzo, diretor de infraestrutura da Acea. Para Thomas Miao, diretor executivo da Huawei Italia, o projeto será "benéfico tanto para os cidadãos de Roma quanto para os turistas que a visitam".

O acordo, que promoverá a digitalização do parque arqueológico, segundo Miao, criará mais serviços, oportunidades e segurança para os cidadãos, além de tornar a administração pública mais eficiente. As câmeras inteligentes são capazes de extrair informações específicas das imagens, além de tomar decisões em um sistema automatizado, e até podem gerar descrições de eventos. Esse conceito tecnológico é cada vez mais discutido na criação das smart cities ou cidades inteligentes. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en