Consulado fecha convênio para ensino de italiano em Jundiaí

Professores da rede municipal serão treinados pelo Icib

O prefeito Luiz Fernando Machado entre o cônsul Filippo La Rosa (esquerda) e o embaixador Antonio Bernardini (direita)
O prefeito Luiz Fernando Machado entre o cônsul Filippo La Rosa (esquerda) e o embaixador Antonio Bernardini (direita) (foto: Divulgação)
20:32, 07 FevSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - O embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, e o cônsul-geral em São Paulo, Filippo La Rosa, visitaram na última segunda-feira (4) a cidade de Jundiaí (SP), onde assinaram com o prefeito Luiz Fernando Machado um acordo para o ensino do idioma italiano nas escolas municipais.

Essa foi a primeira visita oficial de um embaixador da Itália à cidade paulista. Segundo o Consulado, o ensino de italiano representa para os estudantes de Jundiaí, ítalo-descendentes ou não, uma oportunidade de "enriquecimento pessoal" e um "instrumento precioso para prosseguir os estudos em uma universidade" na Itália.

Além disso, pode facilitar a entrada de jovens em empresas italianas - são cerca de 500 apenas no estado de São Paulo. Nos últimos meses, o Consulado já firmou convênios de ensino de italiano com outros municípios paulistas, como Jarinu, Monte Alegre e a própria capital, levando a mais de 500 mil o número de estudantes envolvidos na iniciativa.

A formação dos professores das escolas municipais fica a cargo do Instituto Cultural Ítalo-Brasileiro (Icib), que é apoiado pelo Ministério das Relações Exteriores da Itália. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en