Itália realizará 'Dia Nacional dos Castelos' em maio

Evento acontecerá entre 11 e 12 de maio em 19 regiões

Itália realizará 'Dia Nacional dos Castelos' em maio
Itália realizará 'Dia Nacional dos Castelos' em maio (foto: Ansa)
19:52, 30 AbrL'AQUILA ZCC

(ANSA) - Com fortalezas, torres, pontes levadiças e lugares secretos em castelos de norte a sul, a Itália realizará, entre os dias 11 e 12 de maio, a 21ª edição do "Dia Nacional dos Castelos".
    Com patrocínio do Ministério de Bens e Atividades Culturais da Itália (Mibac), a iniciativa contará com visitas guiadas gratuitas, apresentações de livros, concertos, exposições, debates e diversas barracas com comidas típicas do país em 19 regiões. Entre as estruturas e locais que farão parte do evento estão: o Castelo Brown, museu em Portofino; o Castello di Pescolanciano; o Castelo Noearna, em Trentino; as Muralhas de L'Aquila; a cidade de Craco, na Basilicata; além de Adrano, na Sicília; e Sanluri , na Sardenha. A ideia é permitir que as pessoas continuem a enriquecer seus conhecimentos durante as visitas nos lugares que geralmente não são abertos ao público. "Os castelos são, de fato, o segundo 'ativo' nacional depois da arquitetura religiosa. Tentamos mostrar lugares que nunca vimos ou fazemos todos redescobri-los com novos olhos", explica Fabio Pignatelli della Leonessa, arquiteto e presidente do Instituto Italiano de Castelos.
    Segundo ele, foram inauguradas arquiteturas renovadas e "tentamos repovoar sítios ligados aos assuntos atuais do nosso país. Propomos redescobrir um território crítico pelos recentes terremotos, mas cheio de potencial como Abruzzo. Depois do ano passado, voltamos os holofotes sobre as áreas atingidas pelo terremoto de Marcas".
    "Nós convidamos todos a visitar, em particular, as muralhas de L'Aquila. Além disso, vamos abrir o Castelo de Montecolognola, na Úmbria, e vamos ativar a extraordinária vila e fortaleza de Mondavio (Marcas)", acrescentou.
    Entre os dois dias de evento, os lugares que também serão abertos aos visitantes são os: Castelo Masegra, em Sondrio; Castello d'Arcano, em Udine; Fortezza da Basso, em Florença; Castelo de Monfestino, em Modena; entre outros. O destino de cada castelo é diferente dos palácios nobres que estão sempre localizados no centro da cidade. Nestes dias, os visitantes conhecerão as estruturas encontradas nas montanhas ou nas colinas.
    A programação completa poderá ser acompanhada no site www.istitutoitalianocastelli.it . Já na redes sociais, a principal hashtag é #giornoatenezionalideicastelli2019. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA